Untitled Document ....

JoomlaStats Activation

Boas Festas

    Nunca mais é Natal, pois não? :D     Um Bom Natal e um Próspero Ano Novo são os meus vo...

VPA-La Guardia-Oia-St. Tecla

Passeio a reconhecer o caminho de Santiago pela costa via La Guardia e Baiona.   www...

Eu votava nele Smile

Para grandes problemas, grandes remédios...   www.youtube.com/V-fWN0FmcIU  ...

Substituição de Rolamentos - Montar

Está montada, e não sobraram peças lol A Canyon ES9 de 2007 usa dois tipos de rolamentos. 6 ro...

Passeio na Pasteleira Smile

    Isto está um pouco desorganizado. Nunca cheguei a publicar no Blog a apresentação da Singular ...

  • Boas Festas

    Quinta, 22 Dezembro 2011 10:50
  • VPA-La Guardia-Oia-St. Tecla

    Terça, 30 Agosto 2011 13:30
  • Eu votava nele Smile

    Quinta, 04 Agosto 2011 09:25
  • Substituição de Rolamentos - Montar

    Quinta, 07 Julho 2011 13:03
  • Passeio na Pasteleira Smile

    Terça, 05 Julho 2011 22:37
Canyon ES9
AddThis Social Bookmark Button
canyon

O Mundo é Plano

Quando finalmente obtemos o que procuramos há tanto tempo. Quando as nossas espectativas são completamente cumpridas e mesmo ultrapassadas, e se estivermos a falar de uma bicicleta de suspensão total, é caso para dizer que o mundo é plano Wink

 

 



Qui

07

Jul

2011

Substituição de Rolamentos - Montar Versão para impressão Enviar por E-mail
Escrito por Bravellir   
AddThis Social Bookmark Button

Está montada, e não sobraram peças lol

Clique para Ampliar

A Canyon ES9 de 2007 usa dois tipos de rolamentos. 6 rolamentos 608-2RS de 8mm*22mm e 2 rolamentos 6902 RS 15mm*28mm

Tal como esperava, foi fácil encontrar os rolamentos certos. Mas outch.. 70 euros... pensei que não iam ser tão caros.

Clique aqui para ler mais...
 

Seg

04

Jul

2011

Substituição de Rolamentos - Desmontar Versão para impressão Enviar por E-mail
Escrito por Bravellir   
AddThis Social Bookmark Button

 

Substituição de Rolamentos Canyon ES9 2007

 

Recentemente comecei a ouvir um ligeiro estalo na parte de trás da bike, especialmente quando subo para ela. Pensei que poderiam ser os rolamentos e fiz a verificação da praxe. Tirei fora o amortecedor e movimentei o triângulo da suspensão para verificar se alguma coisa estava presa. Não estava, por isso, ainda que confuso com a situação, voltei a usar a bicicleta.

Era um ruído ocasional e raro, mas que se intensificou na última viagem ao Corno de Bico. Cada vez que a montava, lá estava o barulho.

Após ter sido aconselhado a verificar melhor os rolamentos, e como nunca o tinha feito para a Canyon, fiz algumas pesquisas na net, um telefonema com a Canyon Portugal, peguei nas ferramentas, tratei de ganhar coragem e lá vai disto Smile

 

 

Clique aqui para ler mais...
 

Sex

19

Set

2008

Avaria do Espigão Maverick Versão para impressão Enviar por E-mail
Escrito por Bravellir   
AddThis Social Bookmark Button

 


O último sábado foi um dia de contrastes. Tive direito a uma experiência que só mesmo o Gerês nos pode proporcionar, um passeio fantástico, e também ao azar do espigão Maverick ter avariado.

 

 

Mais ou menos a meio da volta, ainda na parte em que o trilho sobe, comecei a sentir um desconforto nos joelhos, e logo a seguir senti que o selim baixava sozinho.

Tinha algum óleo a mais na parte superior do espigão, e o óleo também babava pela parte de baixo do espigão.

 

Clique aqui para ler mais...
 

Seg

31

Dez

2007

Canyon Nerve ES9 - Espigão Maverick Versão para impressão Enviar por E-mail
Escrito por Bravellir   
AddThis Social Bookmark Button

 

 

E Dezembro finalmente chegou. As gripes finalmente fugiram, e eu finalmente voltei aos trilhos. Mr. Green Mr. Green Mr. Green

 

Andava à que tempos a matutar se devia ou não experimentar um espigão regulável. A maior parte dos OTB que dou, se bem que são culpa da minha azelhice, também são em grande parte porque me esqueço ou tenho preguiça de baixar o espigão nas descidas.Isso junto com o avanço bastante longo e trau.. lá vou eu.

 

Clique para Ampliar


Se eu puder baixar e levantar o espigão em andamento... hum... Depois, um certo Senhor, ainda ajudou mais à festa quando me disse que estava a pensar em fazer o mesmo. Mas não é fácil arranjar esses espigões. E ele estava inclinado para um gravity dropper e eu para um maverick.


Mas este fórum é mesmo uma desgraça. Andava neste vai não vai, e de repente, alguém aqui no fórum chama a atenção para o facto da Canyon vender os maverick. Twisted Evil Pronto, a minha prenda de Natal estava encontrada. Mail, mbnet, e cá está ele. Mr. Green Mr. Green

 

Porquê o maverick e não o gravity dropper? ( baseado em relatos da net )

Tamanho. O maverick existe em 31.6 que é o tamanho da ES. O gd só existe em tamanhos inferiores e depois tem de levar anilhas.
Bloqueio. O gd tem três posições. Topo, inferior e meio. O maverick é infinito, bloqueia onde quisermos.
Movimento. O gd tem de se dar um "toque" com rabo para ele se mover. O maverick é directo. É só apertar a alavanca ou o remoto e ele move-se imediatamente.
Durabilidade. É o aspecto que mais me amedronta. Os comentários são mais ou menos iguais entre ambos os modelos. Relatos de avarias e problemas demasiado frequentes, especialmente com tempo mau ( agua e areia ). A ver vamos ... :s
Curso. Ambos tem 7.5 cm de curso. O gd irá ter uma versão mais longa ( 10cm ) em breve.
Peso. Semelhante.
Preço. Semelhante e vergonhosamente alto. Evil or Very Mad


Porquê sem comando remoto no guiador?

Sem poder experimentar, foi um pouco por instinto que escolhi o espigão sem remoto. É mais leve e não me apetecia nada andar com mais cabos e coisas amarradas ao quadro. Alem disso, o cabo prende ao topo do espigão, o que obriga a que fique um pedaço de cabo solto para o espigão se poder movimentar. Não me pareceu boa ideia.

 

Clique para Ampliar


Primeiras impressões.

Bem embalado, mas nota-se que é um produto OEM. A embalagem não é da maverick e nem trazia manual. Apenas uma folha em alemão. Tenho de ver se arranjo o manual algures.


Os acabamentos são perfeitos. Parece muito robusto. O aperto do selim da bontrager é "estranho". Vamos ver como se porta. A alavanca de variação do curso é grande e muito suave. É muito fácil variar o curso mesmo com a mão.

 

Clique para Ampliar


1º volta no pátio.

Excelente. O sistema da alavanca é terrivelmente fácil de usar e mesmo muito instintivo. Um toque com os dedos e "caimos", e para subir basta agarrar a ponta do selim ( a alavanca fica debaixo dos dedos ) e fazer o movimento para levantar do selim. Ele vem junto até onde quisermos e é só largar.


Acho mesmo que fiz bem em não ter optado pelo remoto. É certo que se tem de tirar a mão do guiador, mas o movimento é tão rápido, fácil, e para um homem tão instintivo SMILEYS_ROTFL SMILEYS_ROTFL ( já sei que me vou fartar de ouvir bocas que para descer me tenho de agarrar aos ....... SMILEYS_ROTFL SMILEYS_ROTFL ) que honestamente não acho que interfira com a pilotagem.

 

Nota negativa. O espigão, mesmo novo tem uma ligeira folga. É uma das queixas mais frequentes dos utilizadores em termos de qualidade. O aparecimento de folgas. Os quilómetros dirão..

 

Clique para Ampliar

 

1º Volta nos trilhos.

Ontem dei a primeira volta com o espigão. 30 km em Valongo. Algumas descidas Twisted Evil perfeito.

São mais 300 grs de peso, mas bolas..... valem bem a pena.. Ao contrário do que pensava fartei-me de o usar. A cada descida, tau, selim para baixo Mr. Green e tá a andar. Apanhei-me a deixar passar toda a gente e depois disparar pelo lado mais "sujo" e ultrapassar (quase) toda a gente com um sorriso de orelha a orelha.

 

O oguh fez o favor de nos levar a umas paredes daquelas mesmo inclinadas e foi canja, aproximar, baixar selim, descer, subir selim e continuar a pedalar. 1,2,3 moulinex Mr. Green

 

Tinha algumas reservas quanto ao curso. 7,5 parecia pouco. Mas não. É uma grande amplitude. Acabei por aproveitar e andar ainda mais subido e numa posição melhor para rodar e trepar , porque agora é mesmo muito mais fácil baixar para curtir os singles Mr. Green

 

Já o aperto do selim da bontrager parece mesmo que não é grande coisa. Por duas vezes o selim moveu-se. Da 2º vez tive de apertar com uma força enorme. Vamos a ver se fica. Era bom que a Maverick começasse a usar o sistema da thompson.

 

Clique para Ampliar

 

Apenas com 30 kms, não me arrependo nada. Vale o peso extra. Vamos é a ver se tenho sorte ou sou apanhado também por problemas de fiabilidade.


Um vídeo rápido onde se vê o oguh, a passar 4 vezes de posição.

 


E umas fotos, claro Mr. Green

 

Clique para Ampliar

 

Boas entradas para todos e um feliz e pedalante 2008

 

Publicado originalmente no Forumbtt.Net

 

 

Seg

31

Dez

2007

Canyon Nerve ES9 - Troca de Transmissão Versão para impressão Enviar por E-mail
Escrito por Bravellir   
AddThis Social Bookmark Button

 

Depois foi a transmissão. No inicio de Novembro, fiz uma manutenção mais "profunda". Desmontei quase completamente a bike e fiz uma revisão.

 

O amortecedor precisa de manutenção. Está a fazer um barulho irritante.

Preciso de trocar as bichas das mudanças.. O cabo do desviador de trás esfiapou. Qualquer dia parte. Finalmente, após quase 3000km, lá vou ter de mexer e afinar o desviador :D. Esqueci-me que as bichas são integrais e os kits que se vendem não dão. Além disso, mandei vir um jagwire que é meio castanho.

Não gosto.Ficou pendente. Troquei o resto da transmissão.

 

Clique para Ampliar

 

A cassete ficou a mesma. XT. Acho o ideal para o uso que lhes dou. Quanto à corrente, decidi experimentar uma sram. Dizem que aguenta mais que as shimano. A ver vamos.

 

Clique aqui para ler mais...
 
<< Início < Anterior 1 2 3 4 Seguinte > Final >>

JPAGE_CURRENT_OF_TOTAL